O Grupo TT Distribuidor, empresa cearense presente em mais de 25 mil pontos de venda e em três Estados de atuação no Nordeste, destaca-se como referência em igualdade salarial. Atuando no segmento de bens de consumo, a empresa atingiu 100% de paridade de salários entre homens e mulheres nas unidades de Maracanaú e Barbalha, no Ceará, e Teresina, no Piauí, cumprindo com excelência todos os requisitos da Lei nº 14.611/2023.

A conquista se deve à gestão inovadora do Grupo TT, composta majoritariamente por mulheres. “A lei estabelece diretrizes claras para empresas quanto à igualdade de remuneração entre homens e mulheres. Nós nos orgulhamos muito em conseguir contribuir nessa luta e servir de exemplo para outros negócios”, comenta Marcela Martins, Coordenadora de DHO Corporativo do Grupo TT Distribuidor

A Lei de Igualdade Salarial

A nova lei determina que empresas com cem ou mais empregados devem elaborar e divulgar relatórios semestrais de transparência salarial, com o objetivo de identificar e corrigir discrepâncias salariais entre gêneros.

A regulamentação detalhada veio por meio do Decreto 11.795/2023 e da Portaria do Ministério do Trabalho nº 3.714/2023, com detalhamento de informações que devem ser prestadas pelas empresas, incluindo dados como cargo, salário contratual, bonificações, horas extras, entre outros, além de informações que serão extraídas da Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), como o número total de pessoas empregadas identificadas por sexo, raça e etnia, com os respectivos valores do salário contratual e do valor da remuneração mensal.